Eliane Alcântara.


 

(Foto de Ricardo... (?) Ah! Ricardo!
Um olhar que trouxe essa imagem maravilhosa aos meus olhos
e que sei, ainda acordará outros poemas).


***

Caminhos fora de foco (ou... Desfolhação).


Nossos olhares não haviam cruzado a serra
E a esperança de malas prontas caminhava à frente.
Não sei se o sol castigava ou se chuva cortava o tempo
Em que posávamos alegres para a fotografia de um dia.
Assim éramos como as plantas, únicos traços a traduzir
Aquilo fatalmente modelado para murchar.
Ao redor um evento de sonhos franzia as horas
E dependurados nos mistérios da delicadeza jaziam as cores.
Sua boca em pétalas orvalhava o desejo passado
E no enigma da simplicidade nossa vida, risível esparzia.
Em clemência tínhamos as mãos espalmadas e o silêncio
De preces anos a sustentar fragilidade.
Imaculados pela dor a chama já fria protagonizava
O lado escuro da morte em nossos corpos.
Almejávamos um olhar de quem quer um motivo
Como se possível fosse entender a nudez dos lírios.
Pedíamos quem sabe a madrugada a abrir-se fria
Entre dúvidas e certezas de uma qualquer melodia
A amenizar um pouco o martírio do engano.
Em meu peito um cemitério de cinzas
Redesenhava nos escapulários das lembranças
A necessidade de uma voz talvez azul,
Forte o bastante para acordar nossas almas
presas ao inverno na fortaleza funesta do fim.
Solitários, sentíamos a queda das flores
E delas ousávamos guardar o aroma primaveril e as sementes,
Miúdas promessas de um novo jardim
Quando nossos olhos morriam flores interiores
E a distância entre uma floração e outra
Sangrava a tormenta de um adeus a serras não vistas
Porém sabidas em outros matizes _  noutros canteiros.

Eliane Alcântara.
24/11/05.
11h e 29 min



Escrito por Eliane Alcântara. às 13h58
[ ] [ envie esta mensagem ]


 Renovação.

Foram perdidas manhãs,
salteadoras de uma oitava esperança
no barco dos pés sem medo e
sua voz molhada de meus beijos acesos
apagaram o fim de um início
nos olhos de minhas madrugadas/orvalhos.
Ontem bebi com os caídos, fome de alegria,
cálice de marcas distantes - plácido sentimento mudo -
e no repente de uma emoção, espanto na saudade,
silenciei  o sonho melancólico de minhas dúvidas.
Velei sensível a morte de sua distância
e cri no amor quieto.
Sua aparição é camisa surrada,
invasão ao meu corpo como tempestade:
forte, bela, doce e macia! Raios!
De mim ausente, pedi:
entra!
Se houve som depois esqueci...
Fiquei imóvel a sua presença a unir uni e verso,
pontas da realidade de amar.

Eliane Alcântara.

***

 Foto para você que diz que eu não sei sorrir.

  E foto para quem vê o sorriso silencioso.


Beijos para todos e uma semana lindaaaaaa : )



Escrito por Eliane Alcântara. às 09h43
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil


BRASIL, Sudeste, Mulher, de 36 a 45 anos
Outro -



Meu humor



Histórico
29/05/2016 a 04/06/2016
05/04/2009 a 11/04/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Alessandro Eloy Braga.
 BeatniksBLUESCafe
 Anderson.
 Angela Lara.
 Angela Maria.
 Bené Chaves.
 Bruno.
 Destro.
 Diego Ramires.
 Ela Nua é Linda.
 Eliane 1.
 Eliane Alcântara.
 Eliane - Home Page.
 Eliene.
 Eudes Batista.
 Rabiscos&Riscos.
 Fabrício Carpinejar.
 Francisco Dantas.
 Fórum - Sobresites.
 Jandyra Adami.
 JéSSica.
 Júlio do Amaral.
 Leila.
 Lela.
 Leon Lynch.
 Linaldo.
 Eudes Batista.
 Mário Cezar.
 Mestra dos Sonhos.
 Maísa (Pupila).
 Ivo.
 Nilson.
 O Cavaleiro.
 Olivino Araujo.
 Paulo Castro.
 Recanto das Letras.
 Retalhos d'Alma.
 Ricardo Almeida.
 Roberto Cônsoli.
 Rodrigo Souza Leão.
 Rogério Simões.
 Sady Mac.
 Sofia.
 Sonhos de Poeta (Eliane Alcântara).
 Tânia Carmonario.
 Thielle.
 Touché.
 Weder.
 Wesley (Sala Fernando Pessoa).
 Qual é a dúvida? - Pinho.
 Gildemar Pontes.
 Fernando Rozano (fotos).
 £å£i
 Fernando Girão.
 Adalberto dos Santos.
 Meiga.
 My Blog - JCarvalho.
 Tatiana.
 LIZ.
 Alcinéa.
 Célia.
 Kepler.
 Théo.
 Douglas da Cunha Dias.
 Heidi.
 Loba -BH.
 Lucas de Meira.
 Estevão.
 Mário.
 André Ricardo.
 Estela.
 Mariza.
 terragel
 Alba Negromonte.
 Jornal da Praça.
 Fernando Rozano.
 Moacir Caetano.
 Júnior.
 Celso (O cárcere das asas).
 Sydnei de Meirelles.
 Laine.
 Antônio Carlos de Menezes.
 Vinícius de Moraes.
 Aluisio Martins.
 Isaque Santana.