Eliane Alcântara.


 Espera.

se (tu) vens e eu não estou
não tens motivos
para abrires a porta da escuridão.
abra a janela,
deite na cama,
prepare a cortina
(gosto de vê-la dançar ao vento)
acaricie teu corpo,
sinta o calor de tuas mãos,
meus beijos - imagens inventadas em teus lábios -
sorriem açoites com a língua a correr-te os dedos
e eu...
tão perto de ti
vôo em teu gozo
(chego pela fresta do céu enluarado).


ponto de vista.

dias atrás uma amiga perguntou
qual o prazer de ser um troféu.
resposta?
o prazer de ser motivo para tal pergunta!


Resultado.

minhas manias cabem todas
no olhar daquele moço
quando teus lábios
calam minha sede
desembocam meus gemidos.


Fundição.

a paixão tem suas marcas
o sexo tem seus prazeres
o amor tem suas dores...
tudo misturado fabrica o tesão.

se eu estou apaixonada transmito
se eu estou amando sinto
e se no sexo gozo
hummm!!!
exalo poesia
(entesoada).


Noção.

se os olhos de um tal desejo
bater em tua porta
deixa entrar.
mais fácil ceder
do que se arrepender.


Vocacional.

se há nos calos de teus olhos
imagem de minhas loucas letras
é hora de despir a fantasia
e virar realidade em minha cama.


Campoedesejo.

teu gosto
solto
parece viagem de potros
na selvageria
de minhas cavalgadas.


saudades de Elis.
águas
e lá se foi março.
por cima de pau e cana
resguardei as pedras.
se o horizonte é belo
vou a Belo Horizonte
estou viva
e a morte
é seiva.
cala a boca coração,
lá longe morre o verão!


Temporal aplacado.

risquei emboscada
em meu peito
e retirei de toda agonia
a força
do vento de um adeus.
  

Bússola.


nos cantos pelos quais andei
senti luas e vendavais
a cumprir em meu corpo
a rota de meu coração. 
 

Versão da paixão.

meu sexo promove
noites iluminadas
minha boca escorre carinhos
pelos dias todos
sempre que é tempo de boas notícias
nos olhos dele.
 
 
Pragmático.

maturidade pouca
não sacia minha volúpia
de pensamentos.
o homem para ser
há de saber-se
Inteiro.
 
 
Gramática do tempo.

Goza!
Imperativo.
Durma!
Passivo em meus braços. 
  

 Ausência.

esvaziei um mar
e prevenida pela dor
nasci alegria
pequena fonte
a cavar outras pedras. 
 

Despedida.

mentor de mais um vazio
não preciso de ti
nem para confrontar o vácuo. 
 

Destino.

Sabe aquela casinha que sonhei
Pra nós dois
E as vestes leves que prometi?
Os bolinhos e a rede?
Ando sem tempo de preparar
...
Outro alguém criou
Nova tela em meus sonhos
E virei moldura de outro amor.
 
 
Anúncio.

não ando a leiloar meu coração
porém faço empréstimos
para quem ousar se arriscar.

 
... (sem título)


lupina
vesti-me de urros
e tua pele
origem de alguma noite – pêlos –
calcou garras em meu dia.
fundimos famintos
temperaturas
e sensíveis salivamos
o substantivo de nosso desejo
: sexo.
 

verão.

tua boca é estação de mangas
chupo fiapos
e a polpa em seiva
sacia-me.
 

Nota.

antes do perdão alheio
surgir com olhos de cão vazio
anuncio a loucura
meu pecado preferido.
 
 
Resumo.

quero-te
e ponto e vírgula
(marca o início)!
 

Pulsação.

a sensualidade
é o meu fio tênue
teu cabo é força
aonde caibo eletricidade.
 

... (outro sem título).
 
quero entrar em teus espaços
des-construir a normalidade
e molhada no efeito estrela cadente
reinar astro quente
no infinito de teu sexo.


Luz Própria.

mais quente que a idéia de eletricidade
é a claridade do teu sexo no meu.

Eliane Alcântara.

Ps: Peço desculpas pelo atraso nas visitas e respostas,
minha conexão com a net 'anda' impossível.
Beijos!!! Assim que ela 'sarar' retorno.



Escrito por Eliane Alcântara. às 07h56
[ ] [ envie esta mensagem ]


Post do dia 21/10/05. Seria...O carinho é o mesmo!

Hoje o post não traz um poema da Eliane.
Traz um poema divino para todos que passam
por aqui e deixam seu carinho,
sonham junto comigo e de certa forma
são pessoas as quais aprendi a respeitar,
a querer bem, a amar...
Faz dias venho vigiando o botão de uma folhagem
que eu não sabia dar flores...
Acompanhando uma amiga até a porta de saída
só faltei chorar quando vi tal flor,
única e imponente perfumando a noite!
É assim que vejo vocês
em minha vida e é com esse encanto
que cerca o meu momento que dedico
essa flor a qual nem sei o nome, mas sei bela,
a cada um!
Obrigada pelos comentários, pela amizade
e por toda a alegria que sempre transmitiram
aos meus dias! Noites e dias perfumados para todos.
Beijos floridos!

Eliane Alcântara (emocionada d+!).

***

 

 



Escrito por Eliane Alcântara. às 07h52
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil


BRASIL, Sudeste, Mulher, de 36 a 45 anos
Outro -



Meu humor



Histórico
29/05/2016 a 04/06/2016
05/04/2009 a 11/04/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Alessandro Eloy Braga.
 BeatniksBLUESCafe
 Anderson.
 Angela Lara.
 Angela Maria.
 Bené Chaves.
 Bruno.
 Destro.
 Diego Ramires.
 Ela Nua é Linda.
 Eliane 1.
 Eliane Alcântara.
 Eliane - Home Page.
 Eliene.
 Eudes Batista.
 Rabiscos&Riscos.
 Fabrício Carpinejar.
 Francisco Dantas.
 Fórum - Sobresites.
 Jandyra Adami.
 JéSSica.
 Júlio do Amaral.
 Leila.
 Lela.
 Leon Lynch.
 Linaldo.
 Eudes Batista.
 Mário Cezar.
 Mestra dos Sonhos.
 Maísa (Pupila).
 Ivo.
 Nilson.
 O Cavaleiro.
 Olivino Araujo.
 Paulo Castro.
 Recanto das Letras.
 Retalhos d'Alma.
 Ricardo Almeida.
 Roberto Cônsoli.
 Rodrigo Souza Leão.
 Rogério Simões.
 Sady Mac.
 Sofia.
 Sonhos de Poeta (Eliane Alcântara).
 Tânia Carmonario.
 Thielle.
 Touché.
 Weder.
 Wesley (Sala Fernando Pessoa).
 Qual é a dúvida? - Pinho.
 Gildemar Pontes.
 Fernando Rozano (fotos).
 £å£i
 Fernando Girão.
 Adalberto dos Santos.
 Meiga.
 My Blog - JCarvalho.
 Tatiana.
 LIZ.
 Alcinéa.
 Célia.
 Kepler.
 Théo.
 Douglas da Cunha Dias.
 Heidi.
 Loba -BH.
 Lucas de Meira.
 Estevão.
 Mário.
 André Ricardo.
 Estela.
 Mariza.
 terragel
 Alba Negromonte.
 Jornal da Praça.
 Fernando Rozano.
 Moacir Caetano.
 Júnior.
 Celso (O cárcere das asas).
 Sydnei de Meirelles.
 Laine.
 Antônio Carlos de Menezes.
 Vinícius de Moraes.
 Aluisio Martins.
 Isaque Santana.