Eliane Alcântara.


 

(In) submissão.

 

Mudou o sorriso

E as meias verdades

Ditas puras e contínuas

Pentearam manhãs insubmissas

Arrancando de meu corpo

Os raios de seus desejos.

 

Eliane Alcântara.



Escrito por Eliane Alcântara. às 17h35
[ ] [ envie esta mensagem ]


Meu coração.


Meu coração tem de um dia
a voz  que  sorri ao pranto.
Noite que caminha em direção
a nenhum lugar que seja eterno.
Tem um pensamento distante,
uma saudade latente
das coisas que não vivi
e de tudo que re aprendi.
Meu coração tem um abraço
que nunca foi afagado,
um vestir que nunca foi tecido.
Meu coração tem apenas caminhos
sem donos ou grandes amantes.
É a solidão de uma ilha
e a alegria de um beijo.
Meu coração tem farpas
que arranco uma a uma.
Meu coração é sempre um barco
dentro de um mar de silentes delírios,
um porto sem ida ou chegada.
Meu coração é uma pipa
empinada pelos cursos do vento.


Eliane Alcântara.



Escrito por Eliane Alcântara. às 11h28
[ ] [ envie esta mensagem ]


 

RESPONDENDO O QUESTIONÁRIO SOBRE LEITURA


Sei que andei atrasada com as respostas... Reconheço... Estou tentando voltar aos poucos...

Franciscoooooooooo... Valeu. Adorei a indicação em seu blog para responder a este questionário. Você é demais!!! Claro que fiquei um pouco lisonjeada quando li a sua indicação, mas... Já que sou sua fã eu até esqueço o carinho...rs* Brincadeira! Um beijo e obrigada.
Manoel Carlos, eu estou em dívida, mas sei que serei desculpada, pois andei em dívida com todo mundo e se eu for pagar todas não sobra nem um pensamento... Obrigada pela indicação. Fiquei muito feliz mesmo não podendo ter respondido tão prontamente.
Destro!!! Tenho vontade de pegar você seu louco e torcer o seu nariz!!! Como diz que mantemos um manicômio e não me avisa que anda solicitando minha presença???!!! Quase que eu tropeço e erro o caminho da porta!!! Teriaqueemendartodasasminhasfalasdepoisoueuusariaumaespéciedemuletaparacaminharporumlongotempo.
Tudobemeuseiquevocêéumcaralegal,entãoeuperdôo...!?
Beijos as pessoas lindas de quem recebi o questionário!

***

1. Não podendo sair do Fahrenheit 451, que livro quererias ser?

De todos os livros que já li e que venho lendo penso que eu gostaria de ser o livro da minha vida. E olha que isso é apenas para distrair um pouco. Seria divertido ler minhas crenças, minhas tentativas de acerto, minha corrida em busca do meu eu para alcançar um pouquinho da compreensão que permeia nossos dias; para saber mais um pouco de tudo o que passa tão rápido em minha vida e retorna de uma forma fantástica. Nesse momento gostaria de ter uma visão de mim escrita por um Poeta, pois sinto que um dos caminhos para a compreensão de nós mesmos e do outro está na voz de um Poeta.
Seria uma ótima oportunidade para ler a Vida, a minha... Já que a leio tanto que nunca sei aonde parei.rs*


2. Já alguma vez ficaste apanhadinho (a) por um personagem de ficção?

O autor quando expõe, quando entrega uma personagem quer que ela conquiste o leitor, que desperte nele alguma reação, o que me leva a ficar momentos a acompanhar as personagens e se fosse aqui enumerar todas as personagens que me cativam, eu penso que passaria o dia relendo os livros que já li para poder deixar visível o motivo de minha apreciação em especial por cada uma delas. Mas isto eu já tentei explicar...
Gabriela, de Jorge Amado é uma personagem fortíssima que muito chamou a minha atenção.
Fugindo da ficção... Desculpem!!! Sou alucinada pela personagem Marguerite Gauthier de Alexandre Dumas Filho. Fico rendida toda vez que releio. O bom autor sempre nos deixa 'apanhadinhos' por personagens e isto independente de como o recebe cada um.


3. Qual foi o último livro que compraste?

O último livro que comprei foi a Crônica da Casa Assassinada de Lúcio Cardoso. Geralmente compro meus livros por alguma indicação. Pena que ainda não tive tempo para lê-lo. E comprei também o livro: Viva o Povo Brasileiro de João Ubaldo Ribeiro que aguarda leitura.

4. Que livros estas a ler?

Tenho algo engraçado comigo... Antes eu devorava os livros que recebia como indicações, como trabalhos ou aqueles que de certa forma eu ia tendo acesso. Não os deixava até que terminasse a leitura. Hoje em dia leio pausadamente, e estou sempre a ler mais de um livro. Atualmente estou lendo Contos Reunidos de Rubem Fonseca, e recomendo. Antologia de Antologias (101 poetas brasileiros 'revisitados') / Magali Trindade Gonçalves, Zélia Thomaz de Aquino e Zina Bellodi Silva. Também recebi um livro de poemas de um amigo: Pó - Poemas de Machado Ribeiro. Sem esquecer que 'li' o livro do Poeta Carlos Gildemar Pontes - Os gestos do Amor, e também recomendo, pela sensibilidade do Poeta, pela magia dos versos e pelo fato de que esse livro é um carinho imediato ao leitor.

5. Quais livros (cinco) levarias para uma ilha deserta?

Crônica da Casa Assassinada - Lúcio Cardoso. (Estou em dívida comigo para ler este livro) / O Vermelho e o Negro - Stendhal / Fogo Morto - José Lins do Rego / A coleção 'A Literatura No Brasil' (Direção Afrânio Coutinho, Co-Direção Eduardo de Faria Coutinho) e sinto muito, mas... levaria todos os livros de Poesia que encontrasse pela frente.

6. A quem vais passar este testemunho (três pessoas) e por quê?

Gostaria que Eduardo Barrox respondesse por ser uma pessoa que admiro muito e que sei que tem várias coisas interessantes para partilhar.
http://beatnik.blig.ig.com.br
Esperaaaaa... Também adoraria que Paulo Castro respondesse porque ele tem um pensar genial, mas duvido que o faça...
http://literaturacorporal.blogspot.com
E claro... Não poderia esquecer de passar esse questionário para a Lela!!! Uma pessoa encantadora com a qual cada dia venho aprendendo um pouco mais sobre a escrita e o viver!
http://colcha.de.retalhos.zip.net
Adiantando já que penso que alguém, possa deixar de responder, passo para o Júlio Amaral, outra pessoa com uma escrita que me instiga.
http://rabodearraia.zip.net
Queria passar esse questionário para muita gente, mas já atrevi a acrescentar mais uma pessoa na lista... Então.. Fica para a próxima : )
Beijossssssssssssssssssss!!!



Escrito por Eliane Alcântara. às 15h18
[ ] [ envie esta mensagem ]


 

As influências em nós.

A transformação em nós.

O fazer... Em nós!

 

De fato o mundo precisa de um beijo em que as pessoas se conscientizem de um abraço do tamanho de sua alma.

Um beijo que molhe de emoção o coração do homem e que deixe clara a verdade de que nada somos quando nada podemos fazer pelo outro, quando não temos em nós princípios que nos ensinem um pouco mais sobre porque estamos nesse tempo.

É feito um correr que se mistura em ordem dentro do espaço, que a desordem (ordenada) entrega a cada um o efeito-transformação- contínua de construir a partir dele próprio.

Vejo perguntas que se integram a outras na louca ansiedade de obter uma resposta e me encaixo nesse gibi e acompanho a mudança das páginas.

Minhas mãos ficam trêmulas e meu corpo tende a dor de filtrar esse arrebatamento universalizado em que a fome geme e a necessidade ponteia o estar caído em constante sofrimento.

Que fera é o homem? Que monstro é esse que domina com a necessidade de se transformar em rei de tudo que o cerca?

Quem nós somos?

Nos livramos do lixo.

Penteamos a aparência dos olhos e o corpo recebe o necessário cuidado para atrairmos. Parecemos o reflexo da beleza enquanto seguimos vazios. Há a necessidade de estarmos vazios, mas não há necessidade de seguirmos ocos.

Os restos são recebidos e a ponta do salto não agarra nos paralelepípedos. O senhor de todas as coisas não anda a pé. Mas se for preciso pisa aquele que acaba sendo passarela para a sua ganância.

Tem sido o tempo dos fortes e de suas ideologias falidas, de suas arrogâncias aristocráticas. Tem sido o tempo dos coronéis? Acaso regredimos na história?

Valha-me Deus!!! Deixe cair em quem pensa a cena de uma época na qual todos possam cumprir  a visão do mundo em leituras que comecem solitárias e se estendam. Não quero aqui pedir para que separem o joio do trigo.

Peço tão somente que o homem entenda a razão de semear. A colheita dependerá sempre do cuidado que se tenha com a plantação.

É o momento de deixar que as raízes cresçam, que a chuva fertilize. Que a voz sinta-se liberta.

É o tempo da união. Do fazer, do sentir, do estar em sintonia com as notas desafinadas. De seguir a direção da coragem com a certeza de que o morrer por uma causa é o abrir dos olhos. É o tempo para a compreensão de que não somos os analfabetos da vida, e sim a vida a nos dar a realidade.

O que podemos fazer pelo outro está no que podemos doar, está em que somos em transparência sem medo do peso da chibata.

Os homens entendem sua dimensão quando mudando seus atos erguem seus olhos para dentro e deixam que o interior  cumpra o seu vôo de águia no universo em si voando lado a lado no céu de todos.

Não há urgência somente em marchar... Há urgência em ver...

 

Eliane Alcântara.



Escrito por Eliane Alcântara. às 14h25
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil


BRASIL, Sudeste, Mulher, de 36 a 45 anos
Outro -



Meu humor



Histórico
29/05/2016 a 04/06/2016
05/04/2009 a 11/04/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Alessandro Eloy Braga.
 BeatniksBLUESCafe
 Anderson.
 Angela Lara.
 Angela Maria.
 Bené Chaves.
 Bruno.
 Destro.
 Diego Ramires.
 Ela Nua é Linda.
 Eliane 1.
 Eliane Alcântara.
 Eliane - Home Page.
 Eliene.
 Eudes Batista.
 Rabiscos&Riscos.
 Fabrício Carpinejar.
 Francisco Dantas.
 Fórum - Sobresites.
 Jandyra Adami.
 JéSSica.
 Júlio do Amaral.
 Leila.
 Lela.
 Leon Lynch.
 Linaldo.
 Eudes Batista.
 Mário Cezar.
 Mestra dos Sonhos.
 Maísa (Pupila).
 Ivo.
 Nilson.
 O Cavaleiro.
 Olivino Araujo.
 Paulo Castro.
 Recanto das Letras.
 Retalhos d'Alma.
 Ricardo Almeida.
 Roberto Cônsoli.
 Rodrigo Souza Leão.
 Rogério Simões.
 Sady Mac.
 Sofia.
 Sonhos de Poeta (Eliane Alcântara).
 Tânia Carmonario.
 Thielle.
 Touché.
 Weder.
 Wesley (Sala Fernando Pessoa).
 Qual é a dúvida? - Pinho.
 Gildemar Pontes.
 Fernando Rozano (fotos).
 £å£i
 Fernando Girão.
 Adalberto dos Santos.
 Meiga.
 My Blog - JCarvalho.
 Tatiana.
 LIZ.
 Alcinéa.
 Célia.
 Kepler.
 Théo.
 Douglas da Cunha Dias.
 Heidi.
 Loba -BH.
 Lucas de Meira.
 Estevão.
 Mário.
 André Ricardo.
 Estela.
 Mariza.
 terragel
 Alba Negromonte.
 Jornal da Praça.
 Fernando Rozano.
 Moacir Caetano.
 Júnior.
 Celso (O cárcere das asas).
 Sydnei de Meirelles.
 Laine.
 Antônio Carlos de Menezes.
 Vinícius de Moraes.
 Aluisio Martins.
 Isaque Santana.